quinta-feira, junho 16, 2011

Você me trouxe de volta...




Tá tudo bagunçado. Bagunçado pra caramba.
E o pior é que eu não estou falando do meu quarto.


Depois de um tempo, aprendi a bloquear sentimentos, pra esquecer sentimentos. Aprendi a me bloquear completamente.  Privei-me de tantas coisas pra esquecer  sentimentos que  me inspiravam tristezas, presenciei pessoas se afastarem,  observei  muito de mim  desaparecendo aos poucos. Houve um tempo,  que não mais me reconhecia, a imagem refletida no espelho, era uma simples  miragem de alguém que eu não conseguia distinguir, abusava dos  sorrisos para se esconder da verdade, me jogava em frases e livros pra criar uma realidade um pouco mais distante.
Me  perdia em seus  sonhos, refazia-os de novo, porem não conseguia me encontrar. Estava  tudo bagunçado, não se sabia mas onde foi parar a tal da  serenidade, e a razão então, pode ser que  tenha se escondido de baixo da cama, sei lá. O que era aparentemente  visível era apenas uma monotonia total.  Não a reconhecia, não entendia mais o seus próprios pensamentos e sentimentos. Questionava-me  onde a levaram, e quem foi que veio parar aqui, em meu lugar? Não tinha mais escolha e muito menos razão... até ver você aqui. Me pergunto como não reparei antes? E o porque somente agora consigo te ver assim tão  perto, assim tão sereno, fazendo despertar algo que nunca antes existiu...  Não sei afirmar  exatamente mas hoje me peguei durante várias vezes com você no  pensando, e o melhor agora eu observo  voltar algo em mim que havia partido,  reconheço-me de novo. Sorriso largo e  em paz, é o que estampa na minha face. É tão bom ver que está tudo regressando de volta, as gavetas estão  arrumadas. Experimento  uma paz de mim para mim. E foi você quem trouxe, foi quem  resgatou-me , fechou as gavetas, e abriu as janelas, deu-me a oportunidade de voltar,   conduziu-me de  volta para mim. E agora com todas as coisas se ajeitando, as gavetas em ordens , gerou  um outro tipo de bagunça, mas essa eu não tenho urgência de por no lugar.

Brunett´S
Postar um comentário