sexta-feira, março 04, 2016

Quando um rapaz pede para você orar com ele



Ele está procurando; ele sabe que precisa de sua outra metade, mas é difícil, muito difícil identificar quem vai se encaixar perfeitamente com ele. Ele olha para você, te acha bem atraente e começa a imaginar o que há a mais em você. Ele tenta descobrir mais, pergunta sobre você às pessoas, observa seu compromisso com Deus, seu envolvimento na igreja. Ele te acha interessante.

Então, ele ora a Deus sobre isso: "É ela que o Senhor tem para mim?"

Mas, é tão difícil para ele separar o coração da fé nesse momento. Seu coração está sempre o fazendo lembrar dela. Seus pensamentos estão sempre voltados para a última vez que ele a viu; seus ouvidos para a última vez que ele ouviu a voz dela. Como Deus pode falar com alguém que está tão voltado para o próprio coração? Impossível.

É quando ele decide pedir a você que ore com ele. Ele não tem certeza sobre você; não tem certeza sobre os sentimentos dele, mas ele gostaria de estar certo e precisa de uma parceira em oração. O que se espera de você agora? O que você faz? Você deve conversar com ele? Deve telefonar para ele?

Quando um rapaz na igreja te pede para orar com ele, está dizendo, em outras palavras: "Eu gosto de você, mas não tenho certeza se é a vontade de Deus para mim."

Em vez de enlouquecer e pensar que você recebeu a resposta para suas orações, fique atenta ao seguinte:

1. Este é o momento em que seu coração vai te enganar mais. Você pode até orar, mas o coração vai te deixar surda para a voz de Deus. Ele faz com que você tenha mais sentimento por aquela pessoa, ao ponto de que você vai achar que é Deus te dizendo que essa é a vontade Dele, quando, na verdade, é a vontade do seu coração.

2. Orar não é namorar. Não saia por aí contando para todo mundo que você está orando com alguém. O que acontece se não for a vontade de Deus? O que acontece se não der certo? Não é certeza, então, deve ser mantido em segredo entre você, o rapaz e as pessoas que te orientam espiritualmente. As pessoas que te ajudam espiritualmente também vão te ajudar em oração. Essas pessoas nunca vão espalhar a novidade ou te julgar errado. Se elas acharem que o rapaz não é apropriado para você, elas te dirão porque querem o melhor para você.

3. Não ore interminavelmente. Isso não funciona. Se você vai orar com alguém, certifique-se de que haja um tempo limite para que Deus mostre se é ou não da vontade Dele o namoro de vocês dois.

4. Seja sensível à voz de Deus. Deus vai responder sua oração, tenha certeza. O problema vai ser se você realmente quer ouvi-Lo. Quando é a vontade de Deus, Ele faz com que você tenha certeza. A coisa não apenas parece certa, ela é certa. Vocês dois se conectam de todas as formas: ambos se sentem atraídos um pelo outro, ambos são compatíveis um ao outro, você é mais nova que ele para evitar problemas futuros no casamento, ambos estão na mesma fé, ambos querem o mesmo futuro e ambos pensam da mesma forma.

5. Seja objetiva quando não é de Deus. Termine imediatamente. Não continue orando, pensando que, ao insistir com Deus, o rapaz vai, eventualmente, se tornar a vontade de Deus para você. Se houver uma dúvida, um problema, termine. Diga a ele que você orou e que Deus respondeu: ele não é para você.


Autora: Cristiane Cardoso

sábado, setembro 12, 2015

Sumir as vezes faz bem para o coração...

“Sumi porque só faço besteira em sua presença, fico mudo quando deveria verbalizar, digo um absurdo atrás do outro quando melhor seria silenciar, faço brincadeiras de mau gosto e sofro antes, durante e depois de te encontrar. Sumi porque não há futuro e isso não é o mais difícil de lidar, pior é não ter presente e o passado ser mais fluido que o ar. Sumi porque não há o que se possa resgatar, meu sumiço é covarde mas atento, meio fajuto meio autêntico, sumi porque sumir é um jogo de paciência, ausentar-se é risco e sapiência, pareço desinteressado, mas sumi para estar para sempre do seu lado, a saudade fará mais por nós dois que nosso amor e sua desajeitada e irrefletida permanência.”

Martha Medeiros

Receita da Vovó- Bolo de Leite




sexta-feira, agosto 07, 2015

Ser feliz... são pequenas coisas!!!



Me levantei cedo, abri as janelas, pude ver o sol brilhar mais forte. Mais um dia, mais uma chance de começar de novo, mas uma página da vida para ser escrita. Escolho hoje para ser um bom dia, me espreguiço ainda na cama, tomo um bom banho, relaxo a mente de deixo a agua cair sobre o meu rosto, como se assim levasse embora toda negatividade, como assim  saisse dali limpa de tudo e pronta pra começar. Agora um bom café da manhã para preparar o fisico,  saio pra respirar o ar puro, uma boa caminhada pela manhã faz um bem danado, ouço o som dos passarinho cantando, comprimento as pessoas nas ruas, acho graça na criança que sorri feliz.  Ah que delicia de dia, que lugares maravilhosos, posso sentir o cheiro das rosas, posso ouvir o sopra do vento, consigo ver as coisas mais raras. Vou para faculdade, hoje parece tão tudo tão fácil o que o professor explica, que incrivel, fazia tempos que não me sentia assim. Termina a aula vou para o trabalho, nada hoje vai me tirar do sério, as horas parecem voar, já é hora de ir pra casa. Passo na padaria, compro pão quentinho pra tomar o café da tarde. Que bom chegar em casa e  me esparramo no sofá,o telefone toca, pareço ouvir sinos tocarem. a cada palavra dita um suspiro, borboletas parecem passear no estomago, a voz fica doce feito mel. Desligo o telefone e vou tomar um banho, fica linda e cheirosa, perfeita para o meu amor. No chuveiro me lembro do dia maravilhoso que tive, um sorriso se abre, então comprendo essa tal felicidade. Ser feliz nas pequenas coisas!

NamoroFOBIA


Você sabe o que é namorofobia?
Namorofobia: aversão ao compromisso no relacionamento amoroso que tem, segundo o terapeuta Sérgio Savian, origem em traumas antigos (términos repentinos, traição, divórcio conturbado dos pais, por exemplo). Não é uma questão de escolha nem uma desculpa de quem não está a fim “no momento” ou não se sente capaz de conquistar alguém.

Essa semana estava eu conversando com uma amiga, e cheguei a seguinte conclusão, eu sofro de namorofobia, esse malzinho ai em cima.
O caso é que quando eu me apaixono me entrego, idealizo, sonho (essa romantica nata que sou) . O término do meu ultimo relacinamento fez com que eu me fechasse pra tudo, Isolei-me no meu mundinho pequenino, não permitindo que ninguem tocasse fundo no meu coração de novo, era como se fosse uma proteção ante dor. Depois dele disse várias e várias vezes que não me relacionaria com ninguem nem tão cedo, e fui absorvendo isso aos poucos,  desde então não consigo me realacionar com ninguem.
Não consigo me abrir ou deixar fluir um relacionamento saudavel. Me escondo nos meus anseios e medos, com a sensação de que será igual outra vez, tenho o medo de perder a minha individualidade, a minha "liberdade" , e o medo de sofrer de novo, ou até fazer alguem sofrer. E ai me bloquei e coloco muitas vezes  a culpa "neles" procurando defeitos,  e arrumando desculpas,  sem jamais perceber que o erro o tempo todo esta em mim.
Nenhum relacionamento diferentes, e se é igual ao outro, as pessoas são diferentes, experiencias agente não se arrisca não vive, só sonha. E de sonhar estou cansada, sonho tanto em conhecer alguem bacana, e as vezes essa pessoa aparece, mas o meu medo é tanto que eu deixo ela partir, e ai continuo sonhando e sonhando, maseu  quero  mesmo é realizar, quero viver outra vez,  enfrentar os meus medos,  correr o risco, sentiro o coração disparando de novo, sentir borboletas no estomago, sentir saudade saudavel. Porque ser feliz é o que importa, se não der certo, a gente vai tentando e tentando, uma hora acerta!

Tem que decidir o que é importante para você.
Manter seu orgulho e não ter nada ou correr o risco e talvez ter tudo


quinta-feira, agosto 06, 2015

Dia das Pães (Dia dos Pais Marisa 2015)




Nossa... o novo comercial de Dia dos Pais da Marisa está incrivelmente lindo! Senti uma enorme emoção ao assistir, porque reflete a grande maioria das familias de hoje... Uma singela homenagem aquelas que fizeram e fazem com louvor um papel que não lhe cabe, mas o amor de mãe é tão grande que supera (algumas vezes) a ausência de alguns pais. É lindo ver que existem muitas mulheres guerreiras que distribuem todo o amor que tem para seus filhos. Obrigada minha mamãe por seu uma verdadeira PÃE para mim. #diadaspães #voudemarisa,

terça-feira, julho 28, 2015

Vamos falar um pouco de você...


Vamos falar um pouco de você?
Você é uma pessoa incrível, especial.
Quem te conhece de verdade, tem vontade de te abraçar e ficar assim abraçadinho por um tempão, tamanha é a generosidade do seu coração, tamanha é a pureza e a sinceridade da sua alma.
Você é aquela que faz de tudo para ver todo mundo bem.
Você é aquela que chora com uma história bonita e até com uma cena na televisão.
Você é aquela que fica com o coração partido só de ver os olhinhos tristes de um cachorrinho de rua.
Você é aquela que ouve todo mundo, mas que não fala dos seus sonhos e sentimentos para ninguém.
Você é aquela que sonha, faz planos, mas que muitas vezes deixa-os de lado para viver os sonhos e os planos de alguém que ama.
Você é aquela que ao som de uma música é capaz de sair do lugar onde está e se transportar para o passado.
Tenta se fazer de durona, mas tem horas que a coisa que mais quer é encontrar um ombro para encostar e chorar. Chorar pelos planos que não deram certo, chorar de saudade de quem já se foi, chorar para tirar um pouco do peso sobre seus ombros.
O seu coração é de uma mulher madura, mas a sua alma é de menina.
Menina que às vezes quer é fugir, se esconder...mas fugir de quem? Se esconder de quem? Talvez de si mesma. Das suas perguntas sem respostas ou quem sabe de uma inquietude sem fim.
Loucura? Não, isso não tem nada a ver com loucura. É que você apenas possui uma consciência muito forte de tudo. E talvez, conseguiria viver de modo mais leve se parasse de ficar remoendo certas coisas ai dentro de você. Se entendesse que não é responsável pela felicidade de todos em sua volta e que a vida é feita de estações.
As primaveras do seu passado não foram as mais felizes, as flores mais lindas ainda estão para se abrir a sua frente.
Então, troque esse pensamento confuso e esse olhar perdido por um sorriso. 


[Fabio Teruel]