quinta-feira, março 24, 2011

Eu no meu mundinho... de novo!


E eu tenho tentado, me falta inspiração, mas eu continuo tentando. Ainda acredito que vai mudar, que eu vou ter um motivo real pra escrever essas baboseira. As vezes eu me pego pensando o quanto eu mudei, mas não foi nada externo não, foi aqui dentro, foi bem fundo. Percebo o que voltei aos poucos para aquele mundinho ao que eu me encontrava quando você  apareceu e me tirou de lá...  E desde de que você se foi, eu vinha relutando brava mente para não voltar , e tanto lutei,  nem percebi que aos poucos lá estava eu de novo. O meu mundinho sempre foi muito fechado, pra  poucas pessoas, de vez em quando algumas vem e tocam mais fundo sem nenhuma permissão, mas não são todas que consegue esse feito. Eu venho tentando e eu não desisto, pra que essa frieza não cubra o meu coração todo,  você e o que tem de mais bonito aqui dentro. As vezes penso  que não tenho vivido, como se metade de mim já não tivesse mais vida, não entendo;  penso se seria diferente se você tivesse ficado, ou se talvez você... mas no momento não quero mais pensar, porque dói, pensar dói muito. O que  preciso no momento mesmo é  quebrar o gelo aqui dentro, cicatrizar de vez todas  feridas que não pensei estarem abertas. Mas já chega, esse mundinho não me pertence, eu fui levada pra lá contra a minha vontade, me recuso a ficar, vou  sair do casulo, encontrar alguém que me faça viver de novo...
Postar um comentário